Copyright © 2015 . Associação Brasileira de Iyengar Yoga . Todos os direitos reservados

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA ( AGO) DE 16.11.2014

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IYENGAR YOGA - ABIY

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IYENGAR YOGA REALIZADA AOS DEZESEIS DIAS DO MÊS

DE NOVEMBRO DE 2014.

Aos dezeseis dias do mês de novembro do ano de dois mil e quatorze , as 20:00 hs., na Pousada Maristela , Municipio de Tremembé , no mesmo local onde se realizou o curso do Prof. Faeq Biria, no Estado de São Paulo, em atendimento ao Edital de Convocação expedido a todos, reuniram-se as pessoas que assinaram a lista de presença, em primeira convocação, na qualidade de associadas, com o objetivo de deliberarem sobre a Ordem do dia: 1) Apresentação dos trabalhos da atual diretoria eleita 2) Apresentação do resumo dos balancetes das contas da Associação e Balanço Geral . 3) Fixação dos compromissos financeiros dos associados.

Presentes os associados que assinaram a lista de presença, parte integrante desta Ata,  apresentou-se para presidir a Assembleia a Sra. Deborah Weinberg, aceita por unanimidade, que convidou a mim, Márcia Neves para secretariá-la. Assim, composta a mesa, determinou a Senhora Presidente a abertura dos trabalhos . Em seguida , dentro do contexto do ítem 1 da pauta , primeiramente , convidou o Prof. Faeq Biria para dizer algumas palavras aos presentes sobre os ensinamentos do Guruji. O referido professor disse que Guruji, além de ter nos deixado o legado de seus ensinamentos, deixou também estipulado tudo o que pensou ser necessário para a manutenção de seus ensinamentos. Dentre estas estipulações, estão as questões que se referem ao nosso dia a dia como, por exemplo: Quem pode um dia eleger-se para ser professor, estabelecendo que para poder ingressar em um TTC (curso de treinamento de professores), é indispensável contar com uma prática mínima prévia de 2 anos de yoga no método Iyengar;

O prof. Faeq explicou que o TTC, na maioria dos países, tem a duração de 3 anos, porque a ideia do Guruji era que os futuros professores contassem com 5 anos mínimos de prática antes de poderem apresentar-se para a prova de certificação, portanto, 2 anos de prática acrescidos de 3 anos de formação. Esclareceu que em alguns países esta exigência é cumprida de modo um pouco diferente: podem ingressar no TTC apenas alunos com 3 anos mínimos de prática e o TTC conta com 2 anos de duração. Acrescentou que nos países em que Guruji o encarregou de organizar o treinamento, formação e certificação de professores, ele sugeriu o estabelecimento da observância ao requisito de prática mínima de 5 anos para poder habilitar-se à certificação, o tempo mínimo de prática de yoga no método Iyengar por 2 anos, seguidos de 1 ano de pré treinamento, acrescidos de 2 anos de TTC.

O prof. Faeq destacou a importância da submissão ao pré treinamento antes da aceitação em um curso de TTC, dizendo que, tendo em vista o fato de o TTC do método Iyengar ser muito exigente, é muito comum os alunos iniciarem com muito entusiasmo para, logo depois, desistirem, por não aguentarem o nível de comprometimento necessário. Assim, no ano do pré treinamento o aluno pode aferir se tem energia e condições suficientes para fazer o TTC completo, além de servir para que o aluno se estabeleça na prática. Neste ano de pré treinamento, entretanto, não pode ser dado nenhum elemento de instrução que permita ao aluno ensinar, porque dado um material precioso para uma pessoa que não se sabe se vai permanecer até o final para bem utilizá-lo, no fim, pode ser que se esteja dando material para alguém que vai usá-lo mal. O prof. Faeq adverte que quem ministrar formações e pré-treinamentos sem observar estes pontos importantes, vai incidir em insucesso rapidamente.

Ademais, disse ele, em países muito grandes, por vezes, se fazem necessários requisitos diferentes. Na China, por exemplo, há um curso de iniciação em Iyengar Yoga, cuja duração é de 2 anos, o que equivale aos 2 anos de prática. Então, se o aluno persiste interessado em cursar a formação, faz o curso de pré treinamento de 1 ano. Caso ainda persista na intenção de ser professor, faz a formação (TTC) de 2 anos.

O prof. Faeq novamente adverte que onde não observamos isso, o nível de treinamento, formação e ensino vai cair muitíssimo e todos os esforços anteriormente envidados serão perdidos. Conclui este ponto dizendo que temos que continuar com um nível alto e não deixá-lo cair, que isso mostra nosso esforço em progredir, o que trás uma reputação para todos os praticantes e professores em Puna.

Quem pode ser professor de curso de formação (TTC): professor com certificação no nível Junior III há 2 anos, que já tenha participado como professor em treinamento. Esclarece que embora ainda não conste na Constituição de Puna, ele, Faeq, trabalha do seguinte modo: o professor com certificação no nível Junior III há 2 anos, interessado em ministrar formação, participa como professor em treinamento em um curso de TTC inteiro, ministrado por ele. No meio do TTC ele permite que participem fazendo correções e auxiliando e, no fim, dando as aulas. Assim, ele, como professor de TTC, dá a carta de recomendação para este Junior III, dizendo que está apto a ministrar TTC. Mas o fato é que Guruji não estipulou regras para isso.

Quem pode ser do Comitê de Avaliação (banca da certificação): professor certificado no nível Júnior III há 2 anos, que já tenha participado como avaliador em treinamento em duas cerificações. Talvez isto também ainda não esteja na Constituição de Puna, mas agora é assim, porque senão não há padronização do ensino, em prejuízo dos alunos, nem preservação da integridade e pureza dos ensinamentos do Guruji, tampouco integridade e pureza de como transmiti-los.

Com relação ao pagamento da taxa do Logo, Guruji decidiu não tomar os certificados de volta quando o professor não mais se mantivesse se atualizando e progredindo no nível de certificação, mas estabeleceu o pagamento do Logo, que equivale a dizer que o certificado de professor é válido, desde que aprovado pela associação. O pagamento do Logo não corresponde a entrega de dinheiro para a associação ou para o Guruji, mas sim em destinar dinheiro para a promoção do yoga na Índia. O pagamento do Logo não é algo para tirar dinheiro do professor, mas para garantir a qualidade do ensino e permitir que o aluno saiba que não importa a qual professor ele vá no mundo, se ele tem o Logo, significa que, do ponto de vista da associação de Iyengar Yoga daquele país e de Puna, ele está apto a ensinar Iyengar Yoga.

Perguntado por Rosana se é possível no TTC ter pessoas que cumpram os requisitos para fazer a formação com quem não têm nem 2 anos, nem 1 ano e às vezes nem 6 meses de prática, com a condição de não fazer a certificação até que tenham 5 anos de prática, respondeu o prof. Faeq que não, não podem ser aceitos alunos nos cursos de pré e de formação que não cumpram o requisito mínimo de 2 anos de prática.

O prof. Faeq esclarece que são de 3 tipos os cursos em Iyengar Yoga : Introdução, pré-formação e TTC em Iyengar Yoga, sendo nossa obrigação, como educadores, colocar os alunos no curso certo, segundo sua elegibilidade, aconselhando-nos que não permitamos que pulem etapas, para o nosso próprio bem – e deles.

Outra coisa que deve ser observada são os TTC que continuam para sempre: mesmo nesses , nenhum aluno deve ser aceito sem a experiência requerida. Narra que nos dois países da Ásia em que isso aconteceu, o Guruji mandou parar. Acrescentou que, se depois de todos os anos em que está vindo ao Brasil isso está acontecendo, fica muito triste. Perguntado se qualquer um pode ir a qualquer lugar ministrar cursos de iniciação ou introdução, respondeu que Guruji nunca disse nada sobre isso, mas que ele, pessoalmente, jamais foi onde há professor certificado, porque não vê razão para isso. Se lá já tem professor e tem tantos lugares onde não há, por que ir lá?

Disse ainda que a ABIY pode dar autorização para um aluno fazer certificação em outro país, no caso de não ter prova naquele ano ou naquele nível no país, ou do aluno não poder fazer de forma alguma a prova em seu país.

Finaliza dizendo que Guruji nos deu tanto, que não cabe questionar suas orientações e darmos 2 anos de nosso tempo para espalhar seus ensinamentos como forma de agradecimento. Na continuidade , a senhora Presidente da Assembleia , inverteu a pauta e chamou o Sr. Francisco Da Riva, Diretor Tesoureiro, para abrir o item segundo da ordem do Dia:  Apresentação do resumo dos balancetes das contas da Associação e Balanço Geral. O Sr Francisco Da Riva explicou as contas e os demonstrativos financeiros da Associação, referentes aos balanços encerrados em 31.12.2013 e ao período entre 01.01.2014 à 31.10.2014, os quais foram aprovados pela diretoria, pelo conselho fiscal e pelos presentes, sem ressalvas. Os referidos demonstrativos refletem o movimento financeiro da Associação até a data considerada e encontram-se à disposição dos membros associados para consultas na tesouraria da Abiy a qualquer momento que desejarem. Informou que em 31/10/2014 a ABIY tinha R$ 163 mil reais em caixa, apontando que a cada ano temos tido superávit. O balanço não tem sido divulgado na internet por motivo de segurança. Informou que somos 400 associados, mas que a ABIY é sustentada por cerca de 100 professores que pagam suas obrigações em dia, dinheiro este que paga o contador (Mauro) e a secretária (Rahilda), o custo da página e da internet. Encabeçados por Renata Ventura e Antônio Tigre, os associados agradecem o trabalho de fundamental importância do Sr. Tesoureiro. Logo em seguida, a Sra. Presidente deu continuidade aos trabalhos , conforme previsto no item 1 da ordem do dia, e destacou a consistente evolução da Abiy e do Comite Tecnico de Certificação de professores durante o período da gestão em análise e o integral cumprimento dos compromissos assumidos pela diretoria da  Associação. Considerando esta evolução, a ABIY já está apta à certificar de forma independente e autônoma professores brasileiros de Iyengar Yoga nos níveis Introdutório I e II , bem como , auxiliar o Prof. Faeq Biria ( supervisor do Comite Tecnico ) nos exames de certificação para os níveis Junior I e demais - uma conquista importante para toda a comunidade de praticantes de Iyengar Yoga no Brasil. Quanto aos contínuos programas de cursos e treinamentos que proporcionaram esta conquista, agradeceu a Sra Presidente a presença dos professores que anualmente tem visitado o Brasil para cumprirem os programas orientados pelo Prof Faeq Biria e orientou os associados no sentido de acompanharem a divulgação dos detalhes dos futuros cursos no site da Associação - www.iyengar.com.br  Na continuidade , a Sra Presidente da ABIY, Deborah agradeceu e parabenizou os associados (professores ou não), pelo grande esforço e contribuição de todos , especialmente da equipe de voluntários que tem pouco a pouco se ampliado, sem o que , os objetivos alcançados não seriam possíveis. Agradeceu a confiança que lhe foi depositada, especialmente as pessoas que trabalharam com ela nos  Comitê e Diretoria: Francisco da Riva, Rosana Seligmann, Luciana Brandão, Marcia Neves, Karla Vasconcellos, Filipe Chipre, Rafael Vasconcelos, Marcia Dal Pozz, Joy Rodrigues, Bruna Paez, Guilherme, Ana Toledo, Dani Santa Rosa, Kátia Dacosta, Pedro Pessoa, Fernando Sanchez, pessoas que trabalham algumas horas por dia para a ABIY, para todos nós. Acrescenta que é o momento de consolidar a ABIY, incluindo mais pessoas e criando um arcabouço jurídico para todo esse trabalho que fazemos, permitindo que trabalhemos sem cisões. Aponta as conquistas de sua administração: a) Comunicação interna: newsletter ; b) Comunicação externa: site, matéria no YJ, anúncio IY, organizando panfleto informativo ; c) Cursos já tradicionais, d) Comitê de Eventos funcionando super bem, e) Novos professores certificados, f) Para abril/15 o retorno da Profa. Corine, fechando o ciclo terapêutico básico, g) A publicação do Light on Yoga ano que vem, h) A entrega ao Guruji, em Puna, por ela e Rosana de um cristal brasileiro que foi colocado nos expositores do instituto, i) A elaboração de arcabouço jurídico: formalização do que está na CP e nos Estatutos, regendo o funcionamento da ABIY; j) O CT também redigiu o Manual de Certificação, que está quase pronto. Agradeceu os 6 anos de trabalho de Rosana Seligmann, e prestou homenagem em especial ao Francisco, que é a base e a estrutura da ABIY, em tudo tem o dedo dele, que trabalha muito e com muito amor. Quanto ao item terceiro da ordem do dia : Fixação dos compromissos financeiros dos associados, os presentes decidiram pela manutenção dos atuais valores e forma de pagamento da contribuição associativa em vigor, mas que há  necessidade de se motivar os associados inativos a se tornarem ativos e colaborativos, bem como , facilitar financeiramente a presença de estudantes ( não professores) junto à Associação.  

Em continuidade, a Sra. Presidente , como nada mais havia a ser tratado, e como nenhum participante solicitou o uso da palavra, determinou as 20:50 hs, o encerramento dos trabalhos e a lavratura da presente Ata, que segue assinada por ela, Sra. Presidente , e por mim secretária. São Paulo, 16 de Novembro de 2014.

______________________                          _______________________

Deborah Weinberg                                          Márcia Neves  

Presidente                                                       Secretária